O BENFEITOR ANDRÉ LUIZ E A 'NOTA AO LEITOR' NO LIVRO "EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS"

Após várias releituras estamos propondo, abaixo, o que compreendemos da Nota ao Leitor, apresentada pelo Espírito André Luiz, após o Prefácio de Emmanuel, no livro Evolução em Dois Mundos, psicografado por Francisco C. Xavier.

NOTA AO LEITOR (1)
O conforto e as facilidades humanas não resolvem os pesares da solidão e da angústia. Por isto, as criaturas humanas devem se prevenir. A civilização estrutura-se no tamanho do conhecimento e na qualidade técnica, como uma grande nave, onde estão os seres humanos.

O destino da viagem onde estes seres chegarão é "um porto" que só se alcança pela morte. Esse porto já foi atingido pelo Espírito André Luiz. O nome do porto está oculto, pois, cada um atingirá o que lhe for peculiar.

Chamando a atenção do ânimo dos seus irmãos viajantes - civilização de encarnados na Terra - cujo destino é o mundo espiritual, que o benfeitor chama de país da Verdade, esclarece que também esteve na mesma situação e que a chegada é apenas questão de tempo.

MOTIVO DO RETORNO
A morte não impossibilitou o benfeitor de regressar à Terra (essa nave imponente) com a missão de alertar. André Luiz pretende demonstrar que, apesar da aparência material de lugar luxuoso e magnífico, a terra não está livre da obscuridade da ignorância. Os seres, ignorando a Verdade além da morte, tornam-se violentos e desestruturam as organizações; Como em uma tempestade, isso pode levar o "barco" ser arremessado contra os rochedos do crime. O resultado será sua destruição.

Na terra atingimos os pontos mais elevados no setor da cultura em tudo que se refere à proteção da vida física, mas, por outro lado, nada foi feito quanto à vida espiritual. Nossa ciência avançou no que se refere aos reparos da máquina humana, porém:

1) não sabe libertar o coração da prisão de sombras, lágrimas e demônios da delinquência;

2) desconhece como arrancar a visão de trevas do espírito;

3) é incapaz de remediar lesões do sentimento;

4) está sem preparo para anular as síndromes espirituais de aflição e desespero que agravam a depressão física e moral, o sentimento de imperfeição e perda do sentido do real, as manias mentais e ansiedade, com tendências acentuadas para a obsessão e a loucura;

5) não percebe a causa fundamental que provoca a hidrocefalia.

DESTINATÁRIOS
André Luiz retorna para trazer notícias e informações para os seres humanos que veem à sua frente perturbação causada pela incerteza ou apreensão e questionam-se quando a viagem terminará. A esses seres o benfeitor chama de amargurados de coração e da inteligência. Talvez indicando o Capítulo 5 do Evangelho de Mateus: Bem-aventurados os aflitos.

PARA QUEM O LIVRO NÃO FOI ESCRITO
Aqueles que sentem prazer no mal e estão acomodados com o desequilíbrio e a delinquência.

OBJETIVO DO AUTOR
Escrever um livro sobre a evolução do Espírito nos dois planos mostrando que estão ligados intimamen-te desde o berço até o túmulo. Mostrar que são eles (juntos) que nos inserem no caminho estreito (ou atalho) em direção para Deus.

Aliar o conceito rígido da ciência humana com a mensagem consoladora do Evangelho de Jesus Cristo - a religião  (item 8, capítulo 1 do ESE).

Apresentar um conjunto de definições sintéticas sobre nossa própria alma imortal em face do Universo.

CONTEÚDO DA OBRA
Anotações das observações do autor a respeito do corpo espiritual, mostrando que é nele que estão contidas as causas de nosso destino sobre a Terra e esclarecendo que estas causas foram impressas nas células sutis que o formam por nossa própria vontade.

Trata-se de um estudo sobre o caminho da multimilenar romagem (vestimenta/roupa/envoltório) do nosso Espírito Eterno acendendo a luz da esperança em Deus que nos traçou a rota de destino para além das estrelas.

(1) Dissertação sobre a "Nota ao Leitor" apresentada no livro Evolução em Dois Mundos, ditado pelo Espírito André Luiz, psicografado por Francisco Cândido Xavier (Brasília - DF: FEB, 2013, pg. 13-16).

Nenhum comentário:

ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA – O LIVRO DOS ESPÍRITOS – LIVRO SEGUNDO – MUNDO ESPÍRITA OU DOS ESPÍRITOS – parte

CAPÍTULO VIII EMANCIPAÇÃO DA ALMA IV LETARGIA, CATALEPSIA, MORTE APARENTE (Questões: 421 a 424) Neste item do capí...