ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA - O LIVRO DOS ESPÍRITOS - LIVRO SEGUNDO – MUNDO ESPÍRITA OU DOS ESPÍRITOS – DOS ESPÍRITOS - PARTE 31



- III – FORMA E UBIQUIDADE DOS ESPÍRITOS 

(Questões: 88 a 92-a)

Quando a expressão ubiquidade for usada no estudo do espiritismo, é importante compreender que se trata daquele dom de estar em vários lugares ao mesmo tempo.

No estudo deste item, questões 88 a 92.a, a referência feita pelos Espíritos Superiores em suas respostas é a Espírito Puro, aquele desprovido do períspirito. Caso o estudante não preste atenção nesta variação poderá incorrer em confusão quanto às explicações. É que o Espírito que ainda encontra-se imantado a Terra, por exemplo, não tem condições, ainda, de praticar ou exercer o que se descreve neste trecho do estudo.


Assim, é possível concluir que os Espíritos que já não dependem mais do Perispírito possuem forma determinada, limitada e constante.

Segundo a maior ou menor pureza do Espírito sua cor variará do escuro ao brilho do rubi (aqui a referência é feita à flama ou centelha etérea).

O Espírito desprovido de Perispírito poderá cruzar o espaço na velocidade do pensamento.

O pensamento é um atributo do Espírito. É o Espírito que pensa. Nesse caso, quando o Espírito pensar em alguma parte, estará nesse lugar em que pensou.

Conforme a purificação alcançada pelo Espírito a distância não será obstáculo. Esta pode desaparecer por completo ou, caso queira, o Espírito poderá dar-se conta da mesma, uma vez que dependerá de sua vontade.

O Espírito Puro domina a matéria, que não lhe oferece qualquer obstáculo. Ele penetra em tudo - ar, terra, água, fogo.

Uma dúvida frequente é: como o Espírito pode estar em mais de um lugar ao mesmo tempo?

O Espírito não se divide para se apresentar em mais de um lugar, todavia, trata-se de um centro que irradia para diferentes lados. Desta forma, parece que o mesmo está em vários lugares ao mesmo tempo. Mas, é como um Sol cujos raios irradiam-se por toda parte, indo muito longe, sem que esteja dividido.

Na verdade, o que ocorre é que o Espírito estende o seu pensamento em diversas direções.

Nem todos os Espíritos podem irradia-se com a mesma potência, uma vez que para tanto dependem do seu grau de pureza. Aquele que for inferior, certamente, não sairá do lugar.

Nenhum comentário:

ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA – O LIVRO DOS ESPÍRITOS – LIVRO SEGUNDO – MUNDO ESPÍRITA OU DOS ESPÍRITOS – parte

CAPÍTULO VIII EMANCIPAÇÃO DA ALMA IV LETARGIA, CATALEPSIA, MORTE APARENTE (Questões: 421 a 424) Neste item do capí...