EDITORIAL



POLÍTICA E ESPIRITISMO
Beto Ramos[i]

Tornou-se lugar comum ouvir, diante das mais diferentes pessoas, que “política e religião não se discutem”. Dois erros se encontram presentes nesta afirmação. A primeira delas é que, quando ao lado da “política” se acrescenta o espiritismo, há profundo desconhecimento acerca da Doutrina Espírita.

Segundo o Codificador do Espiritismo, quando se trata de Doutrina Espírita, há duplo aspecto. É importante estudar a obra “O que é o Espiritismo”, de autoria de Allan Kardec, e apreender o ensinamento daquele que se constituiu no “intérprete” do Ensino dos Espíritos Superiores, a quem foi conferido o dever de Codificar o seu conteúdo dispondo-o metodologicamente em obras devidamente organizadas por temas, assuntos, capítulos, etc. Naquela obra Kardec explica se o Espiritismo é ou não uma religião.

Outro erro se mostra pelo desconhecimento de que a POLÍTICA terrestre é acompanhada pelo plano espiritual. Vejam-se notícias em Cartas Crônicas (Irmão X), A Caminho da Luz (Emmanuel), Crônicas de Além Túmulo (Humberto de Campos), Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho (mesmo autor).

Importa, ainda, trazer a lume para onde o Alto direciona o pensamento político. Poderíamos traduzi-lo dizendo: fraternidade e solidariedade. Mas, alguns vão dar de ombros e “fazer de conta” que não compreenderam. Então, leia parte do que está registrado na obra A Caminho da Luz (psicografia de Chico Xavier):

“O Espiritismo [...] ensina a fraternidade legítima dos homens e das pátrias, das famílias e dos grupos, ALARGANDO AS CONCEPÇÕES DA JUSTIÇA ECONÔMICA E CORRIGINDO O ESPÍRITO EXALTADO DAS IDEOLOGIAS EXTREMISTAS. Nestes tempos dolorosos em que as mais penosas transições se anunciam ao espírito do homem, SÓ O ESPIRITISMO PODE REPRESENTAR O VALOR MORAL ONDE SE ENCONTRE O APOIO NECESSÁRIO À EDIFICAÇÃO DO PORVIR. Enquanto os utopistas da reforma exterior se entregam à tutela dos ditadores impiedosos [...] em suas sinistras aventuras revolucionárias, prossegue ele, o Espiritismo, sua obra educativa junto das classes intelectuais e das massas anônimas e sofredoras, PREPARANDO O MUNDO DE AMANHÃ COM AS LUZES IMORREDOURAS DA LIÇÃO DO CRISTO.” (pgs. 193/194).



[i] Professor universitário, advogado e expositor espírita. Escreve toda segunda-feira para o Editorial do ESPIRITISMONEWS.

Nenhum comentário:

ESCLARECIMENTOS SOBRE A PRÁTICA ESPÍRITA

- por Allan Kardec em O Livro dos Médiuns. Destinado a facilitar para os que se dedicam ao Espiritismo e pretendem entrar em contato com o...