Seguidores

domingo, 17 de maio de 2020

LIMITE DO TRABALHO: REPOUSO – PARTE 98


-
O LIVRO DOS ESPÍRITOS -
- LIVRO TERCEIRO - AS LEIS MORAIS -
- CAPÍTULO III - LEI DO TRABALHO -
- II LIMITE DO TRABALHO, REPOUSO -
(QUESTÕES 682 a 685-a)


Neste tópico de O Livro dos Espíritos, o ensino refere-se, como diz o subtítulo, a trabalho e seu limite, quanto a repouso, mas, também, a exploração do trabalho pelos que se encontram momentaneamente na condição de superiores, isto é, o que tem o poder de dirigir. Não sendo eterno o encarnado e sujeito à Lei da reencarnação, certamente atrai para si a responsabilidade de seus atos, na absoluta aplicação do “a cada um segundo suas obras”.

Atualmente, mormente no Brasil, vê-se que se banalizou o direito do trabalhador ao repouso, porém, ensinam os Espíritos Superiores que o repouso visa reparar as forças do corpo. Para elevar-se acima da matéria o encarnado usa sua inteligência. Nesse caso, o descanso é uma necessidade para que a inteligência fique liberta e atinja seu objetivo.

Hoje, século XXI, ano de 2020, mês de maio, vemos que o Brasil maltrata e desrespeita seus “velhos” (recorde o suicídio de Migliaccio), como se todos não fossem experimentar essa condição física. Ensinam os Espíritos que o ser humano tem direito a repouso na sua velhice, uma vez que o trabalho a que está sujeito está no limite e proporção de suas forças.

Na perspectiva evolutiva do Espírito espera-se que o forte trabalhe para o fraco, isto é, na falta da família, a sociedade deve amparar os seus idosos.

A solução proposta por Allan Kardec em sua nota explicativa destas questões atinentes a trabalho, repouso e exploração, é a educação. Não a encontrada intelectual, mas, a moral que não é encontrada nas enciclopédias, a mora que cria os hábitos, forma caracteres. Ensina o Codificador que a educação é o conjunto de hábitos adquiridos.

É preciso cultivar princípios, freios ou limites, domínio dos próprios instintos, a fim de evitar os desastres e consequências da sua ausência no conjunto da massa populacional. Os indivíduos que formam o tecido social devem educar a mente e o espírito, ponto de partida, o elemento real do bem-estar e garantia da segurança de todos.

No próximo encontro falaremos sobre a Lei de Reprodução. Até lá.

Uberaba-MG, 17 de maio de 2020.
Beto Ramos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente. Debatemos sem disputar.

DESTAQUE DA SEMANA

OBJETO E CONTEÚDO DA OBRA O CÉU E O INFERNO DE ALLAN KARDEC

Segundo Allan Kardec, o leitor da obra O Céu e Inferno irá encontrar no seu título o objeto que será estudado. Apelidamos o livro de O céu e...

MAIS VISITADAS