Seguidores

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

VOLTAIRE OU NÃO VOLTAIRE? TALVEZ, NEM IRE...


"Posso não concordar..." ;


"Discordo do..." ;


"Não concordo com..."



(AVISO: A REFLEXÃO RECUSA PREGUIÇA)

Ah, sim! Vamos lá: posso não concordar com o que Trump diz nas redes sociais, mas, defendo sempre que seja o judiciário o detentor da prerrogativa de retirar de circulação suas "fake news" ou a incitação a crimes.

Se você pensou que estou parafraseando Voltaire, ERROU! A fomosa frase que lhe é atribuída - "Eu discordo do que você diz, mas vou defender até a morte seu direito de o continuar dizendo" - não é de sua autoria. ELE NUNCA DISSE ISSO.

Na verdade, voltando no tempo, François-Marie Arouet, conhecido pelo pseudônimo Voltaire, se posicionou contra o banimento de um livro de autoria de Claude-Adrien Helvétius, com o qual ele teve um, digamos, "desacordo". Helvétius escreveu DE L'ESPIRIT e teve sua obra condenada e queimada (Sorbonne, Parlamento de Paris e Igreja). Voltaire não acreditava que fosse certo ou justo queimar aquela obra.

MAS, E A FRASE? Foi em uma "biografia", publicada em 1906, que aparece a frase NUNCA DITA POR VOLTAIRE. Na verdade, tratava-se de uma forma literária de RESUMIR O PENSAMENTO E A POSIÇÃO DE VOLTAIRE QUANTO À QUEIMA DO LIVRO DO SEU ADVERSÁRIO NO CAMPO DAS IDEIAS.

Mais tarde, outra publicação (1919) aparece tal ideia como se fosse um "princípio voltairiano" ENTRE ASPAS. No fim e ao cabo, compreendemos que o filósofo, realmente, defendeu a liberdade de expressão e a sua irredutibilidade.

Ah! é importante saber que a autora da "biografia" reconheceu em carta que o filósofo NUNCA havia dito a famosa frase (Evelyn Hall), onde pede desculpas, pois, não fora sua intenção causar tamanha confusão. Um estudo ajuda a nos situarmos bem sempre.

O já longevo bolsonarista Alexandre Garcia, que parecia ser intelectual quando estava na Globo, deveria saber disto e não usar a frase com erro de atribuição.

De todo modo, quando se comemora o banimento de Trump de uma rede social, o que se faz é entregar A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E O GOVERNO para instituições privadas, cujo tribunal não contempla o devido processo legal; a decisão ocorre entre quatro paredes; e os objetivos sãos os mais particulares, individuais e escusos possíveis (a Vice-Presidente dos E.U.A. é uma representante dessas mesmas empresas que controlam as redes sociais no mundo).

Posso não concordar com o Trump, mas... deixar grupos substituirem a justiça e o governo é um caminho perigoso. É um 'SELAR O PRÓPRIO DESTINO.

O PRÓXIMO DIREITO DE EXPRESSÃO A SER REPRIMIDO SERÁ O SEU. E isso não ocorrerá muito longe, será na próxima esquina e alguém NEM estará usando uma farda, pois, até isso está se terceirizando nessa "COMEMORAÇÃO".

Concluimos recordando: Voltaire nunca disse a sua (NÃO) mais famosa 'frase'.

Uberaba-MG, 10 de janeiro de 2021
Beto Ramos





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente. Debatemos sem disputar.

DESTAQUE DA SEMANA

ENTENDA OS SINAIS DOS TEMPOS E O PROCESSO DE MIGRAÇÃO E EMIGRAÇÃO DOS ESPÍRITOS EM CURSO

  INTRODUÇÃO 1. Qual o objetivo do processo de migração e emigração dos Espíritos? 2. Quais são os sinais de que esse tempo é chegado? 3. Co...

MAIS VISITADAS